Seguidores

domingo, 20 de outubro de 2013

Oportunidade perdida




Você se lembra de Esaú? Esaú vendeu o seu direito de primogenitura por um prato de lentilhas. E “… Porque bem sabeis que, querendo ele ainda depois herdar a bênção, foi rejeitado, porque não achou lugar de arrependimento, ainda que com lágrimas o buscou” (Hebreus 12:17). Esaú teve a oportunidade de herdar a benção da primogenitura, mas ele a vendeu. Ele deixou a oportunidade passar por ele!

Judas é outro exemplo de alguém que vendeu e negligenciou a oportunidade de se mover com Deus. Se você se lembra, Judas começou andando com o Senhor. Pedro disse em Atos 1:17 “...Porque foi contado conosco e alcançou sorte neste ministério”. Mas mesmo assim, com trinta moedas de prata, Judas vendeu sua parte naquele grande ministério, e outra pessoa foi escolhida para preencher seu lugar. (Mateus 26:14-16 e Atos 1:25).

Você pode dizer, “Bem, isto não sou eu. Eu nunca teria me vendido.” Mas amigo, as pessoas estão se vendendo todos os dias por coisas tão baratas. Alguns estão se vendendo por um pouco de prazer e um pouco de diversão. Alguns estão se vendendo por apenas alguns sorrisos de algumas pessoas.

Eu, às vezes, digo a história dos quatro adolescentes do Norte do Texas que negligenciaram sua última oportunidade.

Uma noite os jovens foram para uma Igreja pequena onde eu ocasionalmente fazia cultos. Um evangelista convidado estava pregando, e o prédio estava apenas 2/3 cheio. Eles entraram e se assentaram no fundo na Igreja.

E o evangelista estava pregando, e um dos adolescentes caiu em convicção do Espírito Santo. Depois da sua mensagem, o evangelista fez o apelo. Ele podia ver que Deus estava lidando com um dos jovens no fundo da Igreja, então ele andou pelo corredor até onde o jovem estava. Os outros três adolescentes estavam lá, provocando. Mas aquele garoto estava chorando.

O evangelista tomou o jovem pela mão e disse “filho, venha, dê a sua vida a Jesus. Deus está falando com você”.

O garoto falou “Eu sei que Ele está”. E ele começou a ir para o altar. Mas então, um dos seus amigos tocou na sua costela e sussurrou “Mulherzinha!” Então o rapaz parou e disse “Bem, eu não vou hoje a noite. Mas você ore por mim”.

O evangelista se virou e voltou pelo corredor. E aqueles quatro jovens correram para fora da Igreja, batendo a porta. As pessoas podiam ouvi-los lá fora rindo enquanto entravam no carro modelo A-Ford e saíram.

Havia um trilho que passava atrás da Igreja. Era uma cidade pequena, e todos naquela área sabia que o trem de passageiros Katy Flier passava toda noite. Ele não parava; apenas passava pela cidade.

Bem, ninguém sabe por certo o que aconteceu ou o que aqueles garotos estavam pensando. Talvez eles estivessem tão ocupados rindo e se divertindo que eles não perceberam que eles dirigiram direto para os trilhos em frente do trem que estava vindo. O trem de passageiros Katy Flier demoliu o carro modelo A-Ford.

Em um momento, todos os quatros garotos foram para a eternidade. Eles morreram e foram para o inferno. Aquele jovem se vendeu por alguns sorrisos e algumas pessoas tolas. Uma oportunidade negligenciada pode trazer arrependimento pelo resto da sua vida. E em alguns casos pode afetar outros também.

Por exemplo, em II Reis 5 você lê a história de Naamã que foi curado da lepra depois de se banhar sete vezes no rio Jordão pela instrução do profeta Eliseu. Agora Eliseu não aceitou a recompensa por gratidão que Naamã ofereceu a ele Mas o servo de Eliseu, Geazi secretamente foi até Naamã e mentiu para ele, dizendo, “Meu senhor não aceitaria nada para ele mesmo, mas ele disse que seria bom receber a prata e as vestes para dois dos seus profetas que chegaram depois que tu saíste”.

Naamã estava tão agradecido por ter sido curado que deu a Geazi as roupas e o dobro do dinheiro que ele havia pedido. Então Geazi escondeu os bens e voltei para o seu senhor. Mas Eliseu sabia pelo Espírito de Deus o que Geazi havia feito, e ele disse “A lepra que estava em Naamã passou para ti e para tua semente para sempre…” (II Reis 5:27).

Agora as pessoas às vezes se perguntam “Porque o profeta não simplesmente orou por Geazi e sua família?” Bem, não adiantava nada orar por eles. Então algumas pessoas se confundem, elas pensam que eu digo isto porque era a vontade de Deus para que Geazi e seus descendentes fossem afetados.

Não, Deus já tinha estabelecido uma aliança com Israel que se eles andassem e mantivessem os Seus estatutos, Ele tiraria a doença do meio deles (Exodo 23:20-25). Então não era a vontade de Deus para Geazi e seua família serem atingidos com a lepra. Mas veja, Geazi trouxe isto sobre ele mesmo, ele negligenciou em tomar a oportunidade certa, tomou a decisão errada. Ele entrou pela porta errada!

Muitos pastores dirão a você que a coisa mais difícil no mundo é ver membros da Igreja sofrerem as conseqüências de suas próprias decisões erradas e oportunidades negligenciadas. Podemos ensinar e pregar a verdade, encorajando pessoas a fazer a vontade de Deus. Mas, nunca poderemos ajudar alguém que não quer ser ajudado.

Kenneth Hagin

Nenhum comentário:

Postar um comentário

VIDEOS

Loading...