Seguidores

segunda-feira, 30 de abril de 2012

Declaração de Fé

O Homem, sua Queda e sua Salvação


O homem é um ser criado à imagem e semelhança de Deus, mas pela transgressão e queda de adão caiu em pecado. O homem foi separado de Deus pelo pecado. A Bíblia em Romano 3:23, diz: "Porquanto todos pecaram e estão destituidos da Glória de Deus". Romanos 3:10 diz: "Como está escrito: não há justo, nem sequer um." Cristo Jesus, o filho de Deus, veio para desfazer as obras do diabo, deu sua vida e derramou seu sangue para redimir e restaurar o homem com Deus. (Romanos 5:12; Romanos 3:23; Romanos 3:10; I João 3:8)
Sem Jesus não podemos ter um relacionamento com Deus. (Gênesis 1:26; I Timóteo 2:5)

Só podemos ter um relacionamento pessoal com Deus através da salvação, o presente, a dádiva de Deus para o homem. A salvação não é o resultado daquilo que fazemos, mas está disponível através do favor imerecido de Deus. Poderemos passar a eternidade com Deus, admitindo que pecamos e crendo na morte e ressurreição de Cristo, aceitando-o assim como Senhor, (Efésios 2:8, 9; Romanos 5:1; Romanos 3:24; Efésios 2:8)






                    A Vida Eterna e o Novo Nascimento


O primeiro passo que o homem dá para alcançar a Salvação é experimentar a tristeza produzida pelo arrependimento e o novo nascimento está disponível para toda a humanidade.
A Salvação acontece quando Cristo Jesus é aceito como Salvador. A pessoa nasce de novo. Seu espírito está vivo com Deus na eternidade. (2 Corintios 7:10; 1 João 5:12; João 3:3-5)

O Inferno e a Vida Eterna


A Bíblia descreve o inferno como um lugar real. É um lugar de sofrimento para aqueles que morrerem sem aceitar a Jesus Cristo como Salvador, e de separação permanente de Deus. O desejo de Deus não é nos separar eternamente, por este motivo ele enviou seu filho Jesus Cristo para terra. (Hebreus 9:27; Apocalipse 20:12-15; João 3:16-18)
Jesus voltará e levará para o céu, por toda a eternidade, todos aqueles que o aceitaram como Salvador. (Atos 1:11; Tessalonicenses 4:13-17; Hebreus 9:28)



A Bíblia


A Bíblia é a Palavra inspirada por Deus. Foi produzida por homens santos que falaram e escreveram sendo movidos pelo Espírito Santo. Ambos, Antigo Testamento e Novo Testamento, são a Palavra inspirada por Deus.

Aceitamos o Novo Pacto, como está escrito no Novo Testamento, como o nosso manual de instruções de conduta e doutrina. A Bíblia é a infalível Palavra de Deus, inspirada pelo Espírito Santo, e contém todas as respostas para os problemas do homem. (II Timóteo 3:16, 17; II Pedro 1:20, 21)



A Trindade


Existe apenas um Deus, desde a eternidade, e Ele se manifesta em três pessoas; Deus Pai, Deus Filho, e Deus Espírito Santo. (João 10:30; João 14:26; Filipenses 2:5-7)

Deus Pai é o maior de todos; o princípio da Palavra (Logos), é o Criador. (João 14:28; João 16:28; João 1:14)
O Filho é o Verbo em carne. Já existe com o Pai desde o princípio. (João 1:14; João 1:18; João 1:1)

O Espírito Santo é etérno e está ligado ao Pai e ao Filho. (João 15:26)


Joyce Meyer



Devocional - Observe os sinais



Quando te desviares para a direita e quando te desviares para a esquerda, os teus ouvidos ouvirão atrás de ti uma palavra, dizendo: Este é o caminho, andai por ele. ISAÍAS 30.21 


Suponha que você esteja dirigindo pela estrada. No meio da pista há sinais. Alguns
são linhas amarelas paralelas alertando que, se você ultrapassá-las, correrá o alto risco de uma colisão. Algumas são linhas brancas intermitentes que significam que você pode passar para o outro lado e ultrapassar o carro à sua frente, desde que tenha cautela e observe o tráfego.
Há também placas que dão direção específica ou avisos: “Retorno”; “Mão única”; “Em obras”; “Curva à direita”. Se você observar as instruções, evitará uma situação perigosa. O mesmo é verdade na vida. Há sinais espirituais que nos instruem sobre como permanecer sob a proteção
de Deus. Se você observar esses sinais, será capaz de permanecer em segurança no caminho. Por exemplo, sempre procure a paz e estará na direção certa.






Joyce Meyer

domingo, 29 de abril de 2012

Jesus era Twitteiro, falava sem indiretas e trocava farpas na rede social.

Jesus era twitteiro


Na época que Jesus, o filho de Deus, passou pela terra não existiam telefones, nem computadores nem muita coisa criada pós-revolução industrial. Naquela época muitos não imaginavam que um dia chegaríamos a uma rede social de 800 milhões de usuários, e que haveria aviões que transportariam mais de 800 pessoas. Porém, naquela época o Twitter já bombava. Na verdade, quem bombava mesmo era um grande Twitteiro: Jesus.

A fama dele era tão grande, que ele arrastava mais de 2 milhões de pessoas com o seu discurso. Gente que realmente largava a cadeira e se mobilizava. Pense! Em tempos de Twitter, quantas revoluções do sofá você já viu? Gente que se mobiliza por uma hashtag, mas que não tem coragem de ir às ruas para protestar? Não que eu seja contra, mas só ficar na hashtag não adianta muito. É preciso um pouco mais.
O engajamento com Jesus era muito grande. Lembra da passagem da multiplicação de pães e peixes? Nem os sites que prometem aumentar número de seguidores dariam conta de prover tanta comida naquela época, mas Jesus multiplicou e saciou todos os seus followers, ou seguidores como preferir.
E quem pensa que o filho de Deus era só um doce no Twitter se engana completamente. Ele não mandava DM na hora de descer a lenha em algo que não gostava. Eram públicos os seus desabafos e repreensões, afinal, seu perfil não era bloqueado, mas acessível a todos que desejassem seguí-lo.
Seguindo a linha de famosos e anônimos que adoram trocar farpas nas redes sociais, Jesus também passou por isso. Foi indagado, questionado e mandou muitas indiretas para os que se diziam “santinhos” na época.
Realmente a  Bíblia nos dá lições em todos os aspectos da vida. Seja econômica, sentimental, profissional, familiar ou o que você quiser.
Há mais de 2042 anos, sem tecnologia, Jesus arrastava multidões, mais de 2 milhões de seguidores por onde passava. Eram 2 milhões de seguidores por evento. Haja servidor para não baleiar o Twitter naquele momento. Ele sim é o grande ídolo. Kaká, Justin Bibier, Rafinha Bastos, Lady Gaga, Restart e tantos outros artistas ficam por aí se sentindo só porque tem alguns milhões de seguidores, com número questionável de engajamento. Eles têm seus méritos, mas o imbatível Jesus mesmo sem Twitter, Facebook, Google Plus ou qualquer tecnologia que facilitasse a proliferação de ideias já bombava neste mundo, e nem por isso deixou der nos dar tantas lições de humildade, benevolência e capacidade de superação.
O maior Twitteiro que já existiu nos deixou lições que não cabem em 140 caracteres. E aí. Vai dar um follow no maior ídolo que este mundo assistiu?
Pense nisto.

sábado, 28 de abril de 2012

TIPOS DE ORAÇÃO

 ORAÇÃO DA FÉ    (EM CONSTRUÇÃO)

* É uma oração de petição;
*É o tipo de oração que oramos quando queremos mudança e situação.

ONDE FUNCIONA A ORAÇÃO A FÉ?

Onde existe uma promessa na Palavra de Deus escrita. Por isso, é preciso que você se habitue a pesquisar na Palavra, buscando as promessas que falam de suas necessidades. Ao apresentar a Deus o seu pedido, apresente também a promessa que Ele fez em Sua Palavra.

João 15.7:" Se vós estiverdes em mim, e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis tudo o que quiserdes, e vos será feito." S e a Palavra de Deus habitar em nós, então a fé habita em nós.


Jo 15.8: "Nisto é glorificado meu Pai, que deis muito fruto; e assim sereis meus discípulos.". Neste contexto, "fruto" é a resposta de nossas orações. Deus é glorificado quando nossas orações são respondidas.

Na oração da FÉ não é usado" SE FOR DE SUA VONTADE", porque já conhecemos á vontade de Deus.

Algumas pessoas erram por quererem usar a oração da fé em áreas onde a Palavra de Deus não fez promessas.


*Exemplo1: Cobrar a Deus fulano ou fulana como marido ou esposa;


*Exemplo 2: Pedir a Deus que dê esse ou aquele ministério, pois Ele é quem decide a chamada e a área ministerial.


ÁREAS ONDE A ORAÇÃO DA FÉ FUNCIONA:

*Salvação, cura divina, prosperidade,circunstâncias adversas.





ORAÇÃO DE CONSAGRAÇÃO (OU DEDICAÇÃO)

Significa consagrar-se a Deus, dedicar-se a Sua obra.Não é uma oração de petição.


QUANDO DEVEMOS FAZER ESSA ORAÇÃO?
Sempre que necessitarmos estabelecer qual a vontade de Deus em nossas vidas em relação ao nosso ministério e /ou decisões referente ao futuro.
NESSE TIPO DE ORAÇÃO PODEMOS USAR O "SE" SEM SER INCREDULIDADE, POIS ESTAMOS TENTANDO ESTABELECER QUAL A VONTADE DE DEUS(DIFERENTE DA ORAÇÃO DA FÉ, NA QUAL SABEMOS QUAL A SUA VONTADE).


LEMBRE-SE: DEUS JAMAIS LHE JOGARÁ NUMA SITUAÇÃO EM QUE VOCÊ FIQUE CONTRARIADO, SOFRENDO INTIMAMENTE, NUM LUGAR QUE VOCÊ DETESTA. ELE É " quem efetua em vós tanto o querer como o realizar, segundo a Sua boa vontade"(Fp 2.13)




ORAÇÃO DA CONCORDÂNCIA


É quando duas ou mais pessoas oram juntas em comum acordo a respeito de algo, como está em Mateus 18.19-20
Deve ser um pedido de harmonia com a Palavra de Deus. Se Deus discorda, não importa quantas pessoas concordem, não vai se cumprir.




ORAÇÃO DA UNANIMIDADE


É semelhante á oração de concordância, mas aqui toda uma congregação está orando de maneira audível, em união. (Atos 4.24-31.)






ORAÇÃO DE ENTREGA


É a oração que fazemos para tirar certos fardos, em especial de preocupação, de nossos ombros, entregando-os a Deus.
A melhor maneira de mostrar que você esta levando um assunto qualquer em consideração não é ficando preocupado ou ansioso, mas é apresentando este assunto a Deus em oração.(Fp 4.7-9)
Primeiro passo a ser dado é arrepender-se do pecado da ansiedade e preocupação 1Pe5.7 diz que devemos lançar sobre Deus TODAS  a nossa ansiedade. Cabe a nós lançar sobre Ele; cabe a Ele cuidar da situação.


A oração da fé e a oração da entrega devem andar de mãos dadas. 
Enquanto a oração da fé é feita uma única vez e,  a partir dela, louvamos a Deus pela resposta que cremos, a oração de entrega pode e deve ser feita quantas vezes forem necessárias, sempre que percebemos a ansiedade e preocupação tentando nos roubar a tranquilidade e a certeza da resposta de Deus












sexta-feira, 27 de abril de 2012

A BÍBLIA EM MANGA






Especializada em publicações religiosas, a Editora Vida Nova lançou no mercado brasileiro um mangá japonês baseado na vida de Jesus Cristo.( Contudo esse mangá tem sua versão americana. )Ele estilo quadrinhos normal sem aquela ordem inversa dos desenhos japoneses que começa de trás para frente e ele é todo colorido com muita qualidade em seu papel.(Lembrando a qualidade de um HQ.) 

O mangá possui desenhos de Kozumi Shinozawa e roteiros de Kuna Hidenori. A história é focada na vida de Jesus Cristo, desde seu nascimento até sua crucificação e posterior ressurreição.

No Japão, a editora responsável (a NEXT) planeja publicar mais 4 volumes baseado em passagens da Bíblia: Mangá Metamophosis (focado no novo testamento); Mangá Mutiny (Gênesis ao Exôdo); Mangá Melech e Mangá Messengers.

Eu achei uma ótima ideia, o meu filho adorou!! 
Ele não se interessava pela Bíblia, e agora esta lendo com vontade, contando pra mim a história.
Sei que algumas pessoas irão criticar, mas acho que é um modo de incentivar  as crianças e a todos que gostam, a lerem a Bíblia, pq o livro é ilustrado e conta a Bíblia, só que em forma de história em quadrinhos(Mangá).


                            MANGÁ MOTIM






Batalha nos Céus
MANGA MUTINY é a história do começo de tudo, da criação do mundo, da luta nos céus, da desonestidade da humanidade e a podridão que se segue.
Depois da queda dos homens, o mundo torna-se um lugar hostil onde ninguém consegue encontrar paz ou descanso. Mas uma nova esperança nasce através daquele que tem fé, e a história de um povo começa a se desenrolar em um drama épico de proporções universais. Os personagens enfrentam tudo, uns com coragem e outros com horror; uns com maldade e outros com fé; uns com estupidez e outros com sabedoria. É o início de uma história de redenção que o mundo jamais havia visto.
Apesar de MUTINY ser o terceiro livro na série do MANGÁ MESSIAS, ele representa o início da história, cronologicamente falando. Os personagens podem ou não
parecer familiares, mas as páginas certamente vão surpreender na medida em que você fica conhecendo como tudo começou, produzidas pela premiada artista de mangá Ryo Azumi.




                                                  MANGÁ MÉLEK




MANGÁ MELECH continua o drama dos descendentes de Abraão, exatamente do ponto onde MOVIMENTO havia parado.A Nova Terra

MANGÁ MELECH é a sequência da saga dos descendentes de Abraão partindo exatamente do ponto onde MOVIMENTO havia parado. As pessoas estão em uma condição de desespero, sem rumo, sem-teto e exaustas em um deserto impiedoso. Mas eles marcham em direção a uma nova terra, fértil e coberta de plantas e frutos. Seus sonhos se concretizam com toda a paz e descanso que seus novos lares podem proporcionar. Mas eles mesmos são seus piores inimigos e não triunfarão sem dor e morte tremendas.
Bem na hora em que os inimigos parecem que vão vencer e acabar com eles, um homem surge no meio dos humildes campos para unir a nação rumo ao poder e à vitória. Ele se tornará um dos maiores reis da história, mas as forças do mal irão cravar suas garras no coração dele e fazê-lo ficar de joelhos.
MELECH segue MOVIMENTO cronologicamente e é o quarto livro da série MANGÁ MESSIAS. Esta dramática história da jornada de um povo e do conflito na nova terra é apresentado pela premiada artista de mangá Ryo Azumi.

                                   MANGÁ MENSAGEIROS




Orgulho e Poder
MANGÁ MENSAGEIROS é o drama cheio de reviravoltas dos reis e dos profetas de Israel. Continua a história do ponto em que MELECH havia parado. Os descendentes de Abraão não só encontraram paz na terra mas também conseguiram tornar-se o reino mais importante do mundo. A fama e sabedoria de seu poderoso rei Salomão logo se tornam conhecidas pelos cinco continentes, e o tornam o mais festejado soberano de todos os tempos. Ainda assim, até alguém com seu poder não consegue resistir às falhas de seu coração humano.
Esta crônica da ascensão e queda do reino, de seus heróis e traidores, traz à tona a desonestidade humana e o fim certo de uma revolta que não acabará facilmente em uma grande nação.Quem irá salvar um povo que parece ter derrubado a si mesmo pela última vez? Mesmo assim, a história ainda promete.
MENSAGEIROS segue MELECH cronologicamente e é o terceiro livro da série MANGÁ DO MESSIAS. Esta saga reveladora da ascensão e queda dos líderes e de um reino é apresentada pela premiada artista de mangá Ryo Azumi.



                                          MANGÁ MESSIAS




A Chegada do Rei
MESSIAS Um rei desconhecido chega ao mundo sob as trevas da noite para começar um trabalho que, aparentemente, não tem nada de impressionante. Mas ele logo torna-se um dos mais poderosos que já haviam pisado na terra. Intensamente odiado por alguns; fielmente adorado por outros. Seu trabalho se sobressai em meio a todos os reis que vieram antes ou depois dele; suas palavras, sua força e sua vida são algo único que o mundo jamais viu ou verá.
MESSIAS segue MENSAGEIROS cronologicamente, mas é o primeiro livro livro da série do MANGÁ DO MESSIAS. A chegada e o trabalho de Josué que abalaram o mundo são apresentados pela talentosa artista Kozumi (Kelly) Shinozawa. 

                                        MANGÁ METAMORFOSE





Opressão Assassina
O MANGÁ METAMORFOSE nos leva às aventuras dos seguidores de Josué após sua partida. Inicialmente abalados com a partida de seu líder, os seguidores de Josué logo percebem que não há tempo para ficar refletindo, já que as forças dos inimigos aproximam-se rapidamente. Cada pingo de força e coragem é importante: este novo grupo está em perigo, e precisam contar com a fé e com a união entre eles.
Eles precisam aceitar o fato de que cada dia pode ser o seu último dia na Terra. Na verdade, para alguns deles o último dia chega mesmo quando eles tem que pagar pelas suas convicções com a própria vida. Mas apesar das perdas e dos contratempos, a vitória está por vir e a aventura faz toda a dor valer a pena.
METAMORFOSE segue do ponto exato em que MESSIAS parou na série MANGÁ MESSIAS. Este conto – por vezes aterrador e outras emocionante – mostra como os ensinamentos de Josué ganharam adeptos mundo afora mesmo com um poderoso oponente. Esta história ganha vida nas mãos da talentosa artista de mangá Kozumi (Kelly) Shinozawa.






Colocar o Pássaro do Twitter voando no Blog







Como colocar o pássaro do Twitter voando pelo seu blog,  enquanto as pessoas navegam pelo seu blog? Este é um efeito bem interessante e fácil de usar. 






Para fazer isso entre na pagina DESIGN, adicionar gadget, HTML/javascript e cole esse código e salve.


<script src="http://oloblogger.googlecode.com/files/tripleflap.js" type="text/javascript"></script>
<script type="text/javascript">
var birdSprite='http://oloblogger.googlecode.com/files/birdsprite.png';
var targetElems=new Array('img','hr','table','td','div','input','textarea','button','select','ul','ol','li','h1','h2','h3','h4','p','code','object','a','b','strong','span');
var twitterAccount = 'https://twitter.com/fabianoroberto';
var twitterThisText ='';
tripleflapInit();
</script>


Você só precisa alterar o endereço do seu perfil no Twitter que está nesta linha: var twitterAccount = 'https://twitter.com/fabianoroberto';



Depois clique para salvar e pronto. 


FONTE:dicasparablogs


x_3c625f49

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Devocional - A Obediência Traz Sucesso



Toda a Escritura é inspirada por Deus (dada pela sua inspiração) e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça (para um viver santo, em conformidade com a vontade de Deus em pensamento, propósito e ação). 
2 Timóteo 3.16

A Bíblia diz que colhemos o que semeamos. A linha divisória entre o sucesso e o fracasso é fazer o que Deus nos diz para fazer. Oramos por frutos em nossa vida, mas nem sempre queremos orar pelas raízes. 
Se quisermos que nossos dias sejam bons, precisamos fazer o que Deus nos diz. Se não queremos caminhar em obediência, não podemos reclamar se nos envolvermos numa confusão. Se nos sentimos solitários e Deus nos diz para nos aproximar de alguém, mas decidimos que isso é muito complicado, então permaneceremos sozinhos. 
A obediência traz o fruto do Espírito em sua vida. Cave profundamente a Palavra de Deus antes que você perca suas bênçãos hoje.

Joyce Meyer


Devocional-Vista a armadura de Deus e permaneça em sua posição



Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir (e permanecer em seu território) no dia mau (do perigo) e, depois de terdes vencido tudo (feito tudo que a crise exige), permanecer inabaláveis (firmes em seu lugar). EFÉSIOS 6.13

Quando o diabo vem atacá-lo, você deve usar a armadura completa de Deus se quiser resistir
ao inimigo e realizar tudo o que Deus quer que você realize. Você deve perceber que o que você faz para vencer certa crise pode não ser a melhor maneira de vencer outra crise. A solução para seu problema não está num método ou procedimento, mas está no poder que Deus lhe dá para realizar o que Ele quer que você realize. Quando você lida com uma situação, a chave não
está no seu método, mas em liberar o poder de Deus por intermédio da fé. Assim, vista a armadura de Deus, permaneça em sua posição contra o diabo, levante o escudo da fé e veja como o Senhor trará a vitória!




Joyce Meyer

Devocional - Confie no tempo de Deus




Quanto a mim, confio em ti, Senhor. Eu disse: tu és o meu Deus. Nas tuas mãos, estão os meus dias... SALMOS 31.14-15

A confiança requer que você coloque sua agenda nas mãos de Deus, crendo que o tempo
dele é perfeito para todas as coisas em sua vida. Sua natureza humana quer que as boas coisas aconteçam imediatamente, não mais tarde. Mas você aprende a crer e a esperar que as coisas aconteçam no tempo perfeito de Deus à medida que amadurece na vida cristã. Confiar em Deus freqüentemente significa não saber como Ele irá realizar algo e quando Ele o fará. Mas não
saber “como e quando” fortalece sua fé e lhe ensina lições de confiança. Lembre-se: a confiança não é herdada, é aprendida. O tempo desempenha um papel importante para aprender a confiar em Deus. À medida que você experimentar a fidelidade do Senhor, vez após vez, desistirá de
confiar em si mesmo e colocará sua vida nas mãos habilidosas de Deus. Esse é um lugar maravilhoso para estar!


Joyce Meyer

Devocional - Lembre-se de Deus e tome uma atitude





Sinto abatida dentro de mim a minha alma (e percebo um peso maior do que posso suportar);
lembro-me, portanto, (intensamente) de ti... SALMOS 42.6

Quando você está desanimado, o diabo quer que você se lembre de cada coisa ruim, detestável
e desprezível que possa ter acontecido com você e cada coisa vergonhosa e mesquinha que você fez. Deus quer que você se lembre dEle e cante louvores a Ele em meio a essa situação miserável. Lembre-se de que você é nova criatura e as coisas velhas já passaram. Quando o rei Saul era atingido por um espírito maligno, ele tomava uma atitude: chamava Davi para
tocar sua harpa e, com isso, afugentar o espírito maligno que o perturbava. (Veja 1 Samuel 16.).
Sempre que você sentir que seu espírito começa a se abater, precisa tomar uma atitude imediatamente. Não espere. Lembre-se do Senhor e das boas coisas que Ele tem feito por você, e isso alimentará sua fé e fortalecerá seu espírito! Levante suas mãos em louvores e sua voz em
adoração. Satanás não pode derrotar um adorador.


Joyce Meyer

DEVOCIONAL - Desenvolva o domínio próprio



Como cidade derribada, que não tem muros, assim é o homem que não tem domínio próprio.Provérbios 25.28
O domínio próprio é um fruto do Espírito (veja Gálatas 5.22-23) e se desenvolve quando passamos tempo nos relacionando com Deus e praticando nossa obediência a Ele. Algumas vezes, preferimos que Deus nos controle e nos faça agir da forma certa, mas Ele quer que nós mesmos aprendamos a governar nosso espírito.
Provérbios 16.32 diz: “Melhor é o longânimo do que o herói da guerra, e o que domina o seu espírito, do que o que toma uma cidade”.
Exige domínio próprio não ficar ofendido, não tornar-se irado todas as vezes que alguém não faz algo da forma que gostaríamos. O domínio próprio é necessário sobre nossos pensamentos, palavras e apetite. Mas, uma vez que dominamos nosso próprio Espírito, somos considerados poderosos aos olhos de Deus, mais fortes do que alguém que domina uma cidade.


Joyce Meyer

Devocional -Tenha um plano para sua vida



Guia-me pela vereda dos teus mandamentos, pois nela me comprazo. Salmos 119.35


Vá dormir à noite com um plano para o dia seguinte. Não seja vago sobre o que você espera realizar. Uma manhã, eu estava deitada na cama quando o Espírito do Senhor me disse: “Pare de ser ambígua”. O dicionário define a ambigüidade como “dúvida ou incerteza”; “algo capaz de ser compreendido através de dois ou mais sentidos”.
Não tenha uma mente dobre. Não fique simplesmente esperando para ver o que acontece. Acorde com o plano de colocar Deus em primeiro lugar em tudo o que fizer. A Palavra de Deus é lâmpada para seus pés e luz para o seu caminho (veja Salmos 119.15). Fale com Ele antes de sair da cama; peça-lhe para tornar claro o que você precisa realizar hoje.

Joyce Meyer







quinta-feira, 19 de abril de 2012

NA PRÁTICA DO AMOR




“Se o boi ou a ovelha de um israelita se extraviar e você o vir, não ignore o fato, mas faça questão de levar o animal de volta ao dono. Se este não morar perto de você ou se você não conhecê-lo, leve o animal para casa e fique com ele até que seu compatriota venha procurá-lo e você possa devolvê-lo. Faça o mesmo com o jumento, com a capa e com qualquer coisa perdida que encontrar. Não ignore o fato. Se você vir o jumento ou o boi de um israelita caído no caminho, não o ignore. Ajude-o a pôr o animal em pé.” (Deuteronômio 22:1-4 NVI)



Esse texto não trata explicitamente de amor, mas trata de fazer o que é certo em consideração ao próximo. E isso, segundo Jesus, é amar, sabendo que o cumprimento da Lei é o amor. Os dois maiores mandamentos são: “Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento. Este é o primeiro e maior mandamento. E o segundo é semelhante a ele: “Ame o seu próximo como a si mesmo”. (Mateus 22:37-39 NVI)

AS OPORTUNIDADES DE AMAR FAZEM PARTE DO NOSSO COTIDIANO


Para os que vêem no amor apenas sua face romântica, o ato de recolher um animal perdido em casa não se parece nada com o amor das telas de cinema ou dos contos de fadas. Mas o amor não é um sentimento que, de tão nobre, deva ser guardado e reservado para ocasiões especiais ou para a pessoa certa. Amor é para o dia a dia, seja para um ato de heroísmo, romantismo ou para apenas devolver um boi perdido.


AS OPORTUNIDADES DE AMAR INTERFEREM EM NOSSOS PLANOS



Elas são inconvenientes, e isso fica claro quando o texto adverte: “Se... você o vir, não ignore o fato”. Ou seja, nesse caso, fazer o que é certo implica em que o sujeito deveria capturar o animal perdido, caso estivesse solto ou libertá-lo, caso estivesse preso numa vala, por exemplo. De um jeito ou de outro haverá uma boa dose de trabalho, desgaste e até cansaço. O amor faz a gente alterar nossa agenda, remarcar nossos compromissos e colocar o outro como nossa prioridade.


O AMOR IMPLICA SACRIFÍCIOS


“Não ignore o fato”, diz o texto. Se ao menos o objeto perdido fosse uma xuxinha de amarrar cabelo, tudo bem! Mas não, um boi ou um jumento dão muito, muito mais trabalho. Onde colocá-los? Como alimentá-los? E por quanto tempo? Melhor seria deixar de lado e simplesmente ignorar, certo? Pois é, razões para isso não faltariam. Afinal as oportunidades de amar são cheias de justificativas para não se amar. Não é minha responsabilidade, problema de quem não cuida de seu boi, não é minha culpa, tô fora, isso dá muito trabalho, isso pode me trazer problemas e não é minha obrigação. Não parece justo interromper meus afazeres para cuidar de alguém, mas é justamente a coisa certa a fazer. A verdade é que diante das oportunidades de amar, sabemos muito bem o que fazer, e escolhemos o que dá menos trabalho, o que não exige sacrifícios.




AS OPORTUNIDADES DE AMAR NÃO OFERECEM GARANTIA ALGUMA DE RECOMPENSAS


Como se não bastassem todas as dificuldades implicadas na prática de amar, há algo pior. Quem se dispõe ao trabalho de “devolver o boi” o faz sem pretensões compensatórias. O amor custa caro para quem oferece, e não custa nada para quem o recebe. É de graça, é da Graça. Talvez você questione: Então por que amar? Por que se sacrificar em função de alguém ou correr o risco de me machucar sem nada em troca? Simples, porque nós também temos nossos “bois perdidos”, nós também precisamos de alguém que se sensibilize e que dê meia-volta e recupere algo nosso. Quantas pessoas já recuperaram nossa auto-estima perdida, nossa fé e força perdidas? Quantas pessoas já curaram nossas feridas? Quantas pessoas já nos estenderam as mãos e nos tiraram de alguma vala? E isso nos leva a mais uma lição: “Fica mais fácil amar se todos amam juntos”.

Talvez você que esteja lendo essa mensagem tenha um “boi perdido”, esse boi pode ser seu casamento, seu ministério, seus sentimentos, seus filhos, não importa, eu quero te encorajar na certeza que alguém não irá ignorar o fato, o que é seu será achado e restituído meu irmão, não importa o tempo e quantas pessoas omitirem isso, mas haverá alguém que irá te amar.

Deus deseja que seu povo não se perca, por isso nossa vida deve ser um grande depósito de achados e perdidos, temos responsabilidade pelo bem um do outro. Devemos assumir a responsabilidade de devolver o “boi perdido”, mas também o respeito e o amor próprio perdidos, a pureza perdida, a esperança e a fé perdidas. Filhos perdidos aos pais, maridos perdidos às suas esposas e famílias, porque um dia fomos o “boi” e Deus nos achou, Ele não ignorou o fato.


FONTE: IGREJA NOVA VIDA.

O poder do abraço





Aproxime-se mais para sentir do que um abraço é capaz!


Quando bem apertado, ele ampara tristezas, combate incertezas, sustenta lágrimas, põe a nostalgia de lado. É até capaz de diminuir o medo. Um abraço verdadeiro divide alegrias e fica feliz em comemorar, o que quer que seja. O abraço envolve e protege. O abraço sara feridas da alma, conforta, alegra o coração, traz paz e perdão. Abraços são também pequenas orações de fé e de força.


Mas infelizmente as pessoas se abraçam muito pouco hoje, causando um distanciamento nos relacionamentos e até mesmo dentro de um lar. Quando um abraço se torna algo raro dentro de uma família, causa até estranhamento.


Será que você abraça sua esposa, seu esposo e seus filhos todos os dias? 


Uma criança quando recebe um abraço sente-se protegida e acolhida, sensações necessárias para a formação de uma pessoa. Sem o hábito de abraçar vindo de casa, a criança acaba recebendo esse conforto de outra pessoa, perdendo a referência de carinho que deveria vir da família e se sentindo desprotegida.


Já parou pra imaginar como um abraço poderia diminuir muito os atritos dentro de um lar com seus filhos?


O abraço ficou cada vez mais distante, e sua família sente falta disso. Vejam só o que acontece em muitos lares. A mãe chega em casa e vai para cozinha, o filho chega em casa e vai pro computador, o pai chega em casa e vai pra TV ver futebol, e ninguém abraça ninguém.


A família precisa ser abraçada e estar sendo fortalecida pelo abraço todos os dias. Abrace sua família, ela precisa disso.


Você tem abraçado a pessoa que ama?


Abraçar também é imprescindível entre o casal. No envolvimento sentimental, abraçar as vezes é tão forte quanto beijar. O abraço reforça os relacionamentos, reduz as diferenças e acalma. Quem nunca pediu um abraço num momento de dor, tristeza, ou até mesmo de saudades? Quem nunca recebeu um abraço e sentiu melhor?


Melhore o dia de alguém, não é necessário muito esforço, apenas um abraço. Experimente, abrace alguém e veja como o sorriso dessa pessoa muda. Olhe para o lado, há sempre alguém que quer e precisa ser abraçado, mas talvez não tenha forças ou coragem para pedir. Abrace-o. O pior que pode acontecer, é ganhar de volta um sorriso de carinho e um abraço.


Talvez você esteja lendo esse texto e querendo ou precisando de um abraço que te conforte, talvez esteja se sentindo só e tão distante de Deus e das pessoas que ama, mas nesse momento Deus vai aonde você estiver pra te abraçar, abra os braços e receba esse amor.


Jesus nos ensinou a sermos amorosos e humildes, perceba que Ele tinha um relacionamento de carinho com todos, Ele era um rei, mas veio para servir, lavando os pés dos discípulos, ensinando, comendo na casa de alguns e chamando os seus seguidores de amigos, e ainda na cruz sofrendo, Ele teve compaixão para pedir perdão a DEUS por nós. Tudo isso Ele fez de braços abertos. Em todos os momentos Ele nos lembra de nos abraçarmos, e quando abrimos os nossos braços nos rendemos a este amor.


Devemos dar mais importância ao abraço, pois é algo tão forte, profundo e ao mesmo tempo tão simples.


Aproxime-se mais para sentir do que um abraço é capaz!


Fonte: Igreja Nova Vida

VIDEOS

Loading...