Seguidores

sexta-feira, 11 de maio de 2012

ORAÇÃO BEM SUCEDIDA - O AMOR



Todo mundo quer suas orações a serem respondidas, mas nem todos estão dispostos a caminhar em amor. Muitas pessoas vão amar os seus amigos e aqueles que são gentis com elas, mas poucos estão dispostos a amar os seus inimigos. No entanto, devemos aprender a amar como Deus ama para as nossas orações para ser bem sucedido.

E conhecer o amor de Cristo, que excede todo entendimento, para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus. - Efésios 3:19

-Amor a Deus tipo de amor "ágape" é o primeiro pré-requisito para uma vida de oração bem sucedida. E se você é um filho de Deus, você tem esse tipo de amor.

Romanos 5:5 
5 . . . o amor [ágape] de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado.

Quando você nasceu de novo, Deus tornou-se o seu pai. Você nasceu de Deus, e Deus é amor (1 João 4:8), então você nasce do amor. A natureza de Deus está em você. E a natureza de Deus é amor. Você é uma criança de amor de um Deus amor!

A nossa é uma família de amor. Todos na família de Deus tem amor de Deus derramado em seu coração, ou então essa pessoa não está na família. Ele ou ela pode não estar exercendo esse amor. Ele ou ela pode ser como o homem um talento que envolveu o seu talento em um guardanapo e enterrou-o (Mateus 25:14-30). Mas a Bíblia declara que o Espírito Santo derramou o amor de Deus no exterior em nosso coração. Isso significa que a espécie de Deus do amor foi derramado em nosso espírito.

Esta é uma família de amor. O amor é a base para toda a atividade do Corpo de Cristo na terra.

1 Tessalonicenses 4:09 
9 Mas, como ao amor fraternal, não necessitais de que vos escrevo, porque vós mesmos estais instruídos por Deus a amar um ao outro.
A lei do amor da família de Deus se expressa no verso seguinte.

João 13:34 
34 Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros, como Eu vos amei, que também vos ameis uns aos outros.

Estamos também o mandamento de amar os nossos inimigos:

MATEUS 5:44-45 
44 Mas eu vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam e orai pelos que maltratam usá-lo, e vos perseguem, 45 para que vos torneis o filhos de vosso Pai que está nos céus, porque ele faz nascer o seu sol se levante sobre maus e boa chuva, e desça sobre justos e injustos.

A razão que nós podemos fazer isso, amar nossos inimigos, bendizei os que nos maldizem, fazei bem aos que nos odeiam, e orai pelos que maltratam nos usar e nos perseguem é por causa da forma do amor do Pai concedeu-nos .

1 João 3:1 
1 Eis aqui, que tipo de amor o Pai nos tem concedido, que devemos ser chamados filhos de Deus. . . .

Este amor-ágape de Deus esse tipo de amor envolve a escolha de sua vontade. Que o amor está dentro de seu espírito, se você nasceu de novo. Mas você é o único que tem vontade de colocá-lo em prática. Você tem que optar por deixar que o amor solto de dentro de você.

Podemos escolher a amar todas as pessoas, até mesmo nossos inimigos. Quase ninguém pode amar aqueles que os amam, mas a Bíblia nos diz para amar nossos inimigos.

Deus nos amou quando éramos ainda pecadores e enviou Cristo para morrer por nós (Rm 5:8). Devemos amar da mesma maneira. João 15:13 diz: "amor Ninguém tem maior do que este: de dar alguém a sua vida pelos seus amigos." Jesus deu Sua vida por nós, e devemos dar nossa vida pelos outros.

Uma das maneiras de dar a vida pelos outros é dando-nos à oração. A oração envolve sacrifício. Trata-se de que fixa os nossos próprios desejos para o benefício da humanidade. Não há sacrifício em abrir mão de sua própria vontade e tempo para orar por outros.

Para sacrificar e dar de si mesmo exige compaixão. Como sabemos que isto é assim? Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu Jesus. E Jesus nos amou tanto que Ele deu a Si mesmo por nós. E no ministério terreno de Jesus, novo e de novo vemos a compaixão.

Quando olhamos para que a verdade maravilhosa, lembre-se que Jesus disse, ". . . Aquele que vê a mim vê o Pai. .. "(João 14:9). Se você quiser ver a Deus, olhe para Jesus. Jesus é a vontade de Deus em ação. Jesus é o amor de Deus em ação. E, em Seu ministério terreno, Jesus foi movido de compaixão.

MATEUS 9:36-38 
36 Mas quando ele viu as multidões, teve compaixão delas, porque andavam cansadas e foram dispersos, como ovelhas sem pastor. 37 Então disse aos seus discípulos: A seara é realmente grande , mas os trabalhadores são poucos. 38 Rogai, pois, ao Senhor da messe, que mande obreiros para a sua colheita.



Jesus nos pediu para compartilhar a Sua compaixão pelas pessoas através da oração que os trabalhadores seriam enviados para a seara.

A compaixão de Jesus também o levou a curar os enfermos:

Mateus 14:14 
14 E Jesus, saindo, viu uma grande multidão, e se moveu de compaixão por eles e curou os seus enfermos.


A compaixão de Jesus levou para a alimentação dos quatro mil;

MATEUS 15:32 
32 Então Jesus chamou os seus discípulos, e disse: Tenho compaixão da multidão, porque já está comigo há três dias, e não têm nada para comer, e eu não vou mandá-los embora em jejum, para que não desfaleça no caminho.


Em Sua compaixão, Jesus curou o cego:

MATEUS 20:34 
34 Então, Jesus teve compaixão delas, e lhes tocou os olhos, e logo seus olhos receberam visão, e eles o seguiram.

Compaixão levou à cura do leproso em Marcos capítulo 7.

MARK 1:40-41 
40 E veio um leproso a ele, rogando-lhe, e ajoelhando-se a ele, e dizendo-lhe: Se queres, podes limpar-me. 41 E Jesus, movido de compaixão, estendeu a sua mão, tocou-o, e disse-lhe: Quero, sê limpo.

Em Sua compaixão, Jesus curou todos os que vieram a Ele e pediu para ser curado.
A compaixão de Jesus também o levou a sofrer com aqueles que estavam de luto. Simpatia diz: "Sinto muito que você se sentir como se sente." Mas a compaixão diz: "Eu me sinto como se sente." Compaixão também traz a libertação para o ferir.

JOÃO 11:33,35 
33
 Quando, pois, Jesus a viu chorar [Maria] choro, e também os judeus que com ela vinham, comoveu-se em espírito, e perturbou-se. . . .
35 Jesus chorou.

Mas Jesus não se limitou a chorar com Maria, Sua compaixão levou a agir. Ele entregou Maria e Marta de sua tristeza, elevando seu irmão Lázaro dentre os mortos.

A compaixão de Jesus trouxe a libertação. Se tivermos a compaixão divina de Jesus, haverá libertação. Mas eu acho que muito do tempo nós tentamos trazer a libertação sem compaixão divina de Deus. É onde a oração e intercessão vêm dentro

Chorando pela unção do Espírito Santo com os que choram traz livramento (Rm 12:15).

Dr. John G. Lake é conhecido por seu ministério, que foi bem marcada com os ideais apostólicos. Ele fez um trabalho incrível na África do Sul logo após a virada do século.

Então, muitas curas ocorreram na sua tenda, em Joanesburgo, o relatório deles atingiu os líderes da nação.Algumas das pessoas superiores do governo buscaram ajuda em nome da esposa de um funcionário do governo certo.

Quando Lago foi para sua casa, ele encontrou sua cama com câncer terminal. Ele determinou que ela era uma cristã. Então ele começou a dar-lhe a Escritura para ensiná-la sobre a cura divina e para obter a sua fé ativado.

Ela tomou a decisão de confiar em Deus para sua cura. Os médicos haviam dado a ela até morrer e só foram dando seus apaziguadores de dor para mantê-la confortável. Mas ela decidiu parar todas as drogas.

Ela disse: "Se eu vou confiar em Deus para a minha cura, e eu estou, então eu vou jogar-me completamente ao longo de Sua misericórdia."

"Esta mulher estava em tanta dor", disse Lago, "que um dos ministros da igreja e eu fiquei ao seu lado o tempo todo, rezando. Enquanto orávamos, ela iria obter alívio. "

Uma manhã, depois de ter rezado toda a noite, Lago voltou para casa apenas o tempo suficiente para tomar banho e fazer a barba. Então ele começou a voltar.

"Quando cheguei a duas quadras da casa", disse Lago, "Eu ouvi a mulher gritando de dor. Ao som dos gritos, de alguma forma me pareceu entrar em uma compaixão divina. . . . "

Lago entrou nos sofrimentos de Jesus. Ele começou a sentir como Jesus se sente. Para Jesus pode ser tocado com os sentimentos das nossas enfermidades (Hb. 4:15).

Lago disse: "Eu me vi correndo estes dois últimos blocos, sem sequer pensar que eu estava fazendo. Sem pensar, corri para o quarto, sentou-se na beirada da cama, pegou aquele corpo magro em meus braços como eu faria um bebê, e começou a chorar. Enquanto eu estava chorando, ela estava perfeitamente curado. "

De alguma forma, a compaixão de Jesus, o amor de Deus, foi capaz de permear coração Lago, seu espírito.

Crentes dedicados pode entrar nessa área de compaixão de uma forma e você não vai chegar lá de qualquer maneira e outro é pela comunhão com Deus. Você não pode ter comunhão com Deus, você não pode sentar-se na presença do grande Deus do universo, sem o Seu amor permeando seu ser, e sem a Sua compaixão fluindo em você. E é quando você consegue chegar a este lugar que você vai ser capaz de fazer o que Jesus disse em João capítulo 14.

João 14:12
12
 Em verdade, em verdade, vos digo que aquele que crê em mim, as obras que eu faço também fará, e maiores obras do que estas fará, porque eu vou para meu Pai.

As obras que Jesus fez nasceram do amor e da compaixão. As obras que os crentes devem fazer, incluindo a oração, são produtos de partilha no ministério de Jesus de amor e compaixão.

Para interceder de forma eficaz, você deve conhecer o grande amor que Deus tem para toda a humanidade. Uma vez que o amor de Deus está em nós, eo amor de Deus foi derramado em nossos corações, estamos a ser gentil como Deus é bom, mesmo para com os ingratos e maus (Lucas 6:35).

Jesus cancelou os pecados dos perdidos. É assim que Deus é bondoso para com os ingratos e maus. E Ele nos deu essa mensagem, que a palavra da reconciliação (2 Coríntios. 5:19).

No entanto, temos pregado, "Deus vai ficar se você não tomar cuidado. Ele está atrás de você. "

As pessoas têm treinado seus filhos, dizendo: "Não faça isso. Jesus não vai amar você se você fizer isso. "

Isso é uma mentira. Jesus não quer que eles podem fazê-lo, mas ele ainda vai amá-los mesmo que eles fazem.

Dizer às crianças, "Deus não vai te amar se você fizer isso," faz com que elas cresçam com suas mentes cegos com a luz do Seu amor. E é muito difícil conseguir esse tipo de ensino para fora das pessoas.

Deus nos deu o ministério da reconciliação. Quando podemos levar as pessoas a ver Deus como Ele realmente é, eles vão querer amá-Lo. É nossa responsabilidade de amar as pessoas da maneira que Deus os ama, para ser gentil para com os ingratos e os maus, para orar por aqueles que nos perseguem, e mover-se com compaixão em tudo o que fazemos. Então, nossas orações serão bem sucedidos, e faremos as obras de Jesus na terra!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

VIDEOS

Loading...